47 Sinais de Vício em Apostas Esportivas

As apostas esportivas estão em ascensão. No Reino Unido, as apostas esportivas fazem parte integrante dos esportes, com empresas de apostas patrocinando várias equipes da Premier League. Desde 1º de janeiro de 2023, 30 Estados dos EUA legalizaram as apostas esportivas, o que provavelmente aumentará no futuro.

Durante o Super Bowl 2023, mais de 50 milhões de estadunidenses apostaram impressionantes $15 bilhões em um único tipo de jogo. Com o aumento da exposição aos jogos de azar, vemos um aumento no vício em apostas esportivas. Cerca de 20 milhões de americanos mostram sinais de problemas com jogos de azar. Com a futura legalização das apostas esportivas on-line, este número provavelmente dobrará nos próximos cinco anos (previsão do QuitGamble.com).

47 signs and symptoms of sports gambling addiction

Este artigo mostrará os sinais de alerta e sintomas de vício em apostas esportivas. Alguns sinais você, provavelmente, já viu antes, mas também apresentaremos alguns sinais de alerta inesperados. Esta lista é baseada em entrevistas com viciados em apostas esportivas, estudos sobre vícios e o desenvolvimento do QuitGamble.com nos últimos quatro anos.

Estruturamos os avisos, sinais e sintomas de vício em apostas nas seguintes categorias:

Você pode pular para frente ou ler a lista completa. Se reconhecer algum dos seguintes sinais em si mesmo(a) ou em alguém próximo a você, considere buscar apoio. Estamos aqui para ajudar você a superar o vício em apostas esportivas através do seguinte:

  1. ajudar você a entender o que as apostas esportivas estão fazendo com você;
  2. ajudar você a trabalhar nessas áreas da sua vida;
  3. oferecer apoio ao longo do caminho. Você não está mais sozinho(a).

Vamos olhar para os sinais!

Os Sinais Mais Cruciais de Vício em Apostas Esportivas

Acreditamos que é muito difícil parar de apostar porque o jogo está fazendo algo por você. A chave para a recuperação bem-sucedida é entender o que é isso e trabalhar com essas coisas. Os seguintes sinais podem dar mais informações sobre seus hábitos de aposta.

1 – Ganhar é divertido, mas você continua apostando mesmo assim

É ótimo ganhar, porque permite que você continue apostando. Mesmo que você ganhe, continua apostando até não sobrar dinheiro na conta. Quando você não para de apostar quando ganha, talvez as apostas esportivas não sejam sobre dinheiro. Talvez as apostas esportivas sejam sobre algo mais. Pense no que acontece no momento em que você está apostando. Como se sente e o que pensa a respeito?

2 – Sentindo-se desesperado(a) — Não entende por que continua apostando

A pessoa perdeu o controle sobre suas apostas. As apostas esportivas controlam sua vida, e ela se sente sem esperança porque não sabe por que continua apostando.

Considere isso: as apostas esportivas estão fazendo algo por você. Talvez seja uma distração/fuga de seus pensamentos, sentimentos ou acontecimentos atuais da vida. Não seja tão duro(a) consigo mesmo(a). Você não está apostando porque é burro(a). Você continua apostando porque as apostas fazem algo por você. O segredo é descobrir o que é esse algo.

3 – Usando apostas esportivas como fuga ou distração (sem perceber)

As apostas esportivas tornaram-se um hábito automático, algo que você faz sem realmente pensar no porquê? Acontece frequentemente quando você não está se sentindo bem? Talvez você comece a pensar em apostar quando encontra a casa vazia depois do trabalho, teve uma discussão com alguém ou se sente estressado(a), solitário(a) ou ansioso(a).

Você sabe quais são seus gatilhos para jogar? Pense nisso por alguns dias, anote-os e veja se você pode estar usando o jogo como uma fuga ou distração, sem perceber.

4 – Liberado(a), você usa apostas esportivas como fuga mas não sabe por quê

Identificar se apostar em esportes serve como uma fuga para você é um passo essencial para reconhecer uma possível dependência em jogos esportivos. Mas essa realização também pode ser um sinal positivo de que você está se tornando mais autoconsciente e dando o primeiro passo para a recuperação. Mesmo que você não saiba o que atrai você para as apostas, reconhecer que isso serve para algum propósito é um ponto de partida essencial para superar o vício.

5 – As apostas esportivas começaram a causar dor e preocupação por si mesmas

As consequências negativas das apostas esportivas agora superam os aspectos positivos. Por exemplo, acumular dívidas pode desencadear ansiedade sobre o futuro, enquanto esconder ou enganar outros sobre as apostas esportivas pode resultar em remorso, medo e interrupção do sono.

Quando as apostas esportivas se tornam uma fonte de angústia e um mecanismo de enfrentamento para escapar dela, o comportamento pode rapidamente se transformar em um padrão destrutivo. Uma experiência negativa pode desencadear outra, iniciando um ciclo perigoso.

6 – Mais apostas maiores para manter o mesmo nível de excitação

O indivíduo pode necessitar de maiores quantidades de dopamina, maior excitação e maiores apostas esportivas para alcançar o mesmo nível de satisfação.

Este fenômeno também pode ser explicado pela dessensibilização dos receptores de dopamina no cérebro causada pelo excesso de apostas esportivas. Como resultado, o cérebro pode requerer níveis mais altos de dopamina para produzir o mesmo efeito de antes.

7 – Sentindo a necessidade de apostar assim que se sente solitário(a) ou entediado(a)

Em nosso formulário de registro, perguntamos sobre os hábitos de jogo dos usuários. De 800 respostas, o tédio e a solidão surgiram como os dois gatilhos mais comuns para as apostas esportivas. Ao refletir sobre suas recentes experiências em apostas esportivas, considere as circunstâncias que levaram você a praticar esse comportamento. Estava se sentindo entediado(a) ou isolado(a)? Se sim, é possível que você tenha recorrido às apostas esportivas subconscientemente para escapar dessas emoções.

8 – Descrevendo o momento da aposta como um momento de paz

O que acontece quando você aposta? O que você pensa? O que você sente? E, talvez mais interessante, o que você não sente ou pensa? Nossos membros frequentemente descrevem o momento em que jogam como um momento de paz. Por um momento, não pensam em mais nada.

Quando as pessoas experimentam uma sensação de calma ou paz interior através das apostas esportivas, pode ser um sinal precoce de dependência em apostas esportivas. Embora o vício possa não estar totalmente manifestado, o comportamento pode se tornar compulsivo.

9 – Estar deprimido(a) e apostar em esportes

Outro sinal vermelho para o vício em apostas esportivas é se você se envolve nisso quando se sente deprimido(a), pensando em depressão ou experimentando um estado de espírito ruim. Estudos científicos mostraram uma correlação entre depressão e vício em apostas esportivas.

Se um indivíduo está deprimido, as apostas esportivas podem ter um impacto psicológico mais profundo, tornando-o mais suscetível ao vício. Não está claro se a depressão leva ao vício em apostas esportivas ou se o vício em apostas esportivas desencadeia a depressão. Acreditamos que ambos os cenários são possíveis.

10 – Frequentemente, combinar apostas esportivas com consumo de álcool

Tanto o consumo de álcool quanto as apostas esportivas estimulam a liberação de dopamina no cérebro. Como mencionado, um indicativo de vício em apostas esportivas é quando um indivíduo faz apostas cada vez maiores.

O álcool pode ter um efeito semelhante, pois o cérebro pode desejar mais dopamina do que as apostas esportivas sozinhas podem fornecer. Consequentemente, os indivíduos podem recorrer ao álcool para aumentar o impacto das apostas esportivas. A necessidade de apostar e beber é outro sinal de alerta para o vício em apostas esportivas.

Sinais Relacionados ao Dinheiro do Vício em Apostas Esportivas

Em artigos sobre apostas esportivas, há um forte foco no dinheiro. Não aposte mais dinheiro do que você pode perder. Nunca pegue dinheiro emprestado para financiar suas apostas, etc. As empresas de apostas chamam isso de apostas responsáveis, se você apostar apenas o dinheiro que pode perder. Isto é conveniente para elas, porque coloca a responsabilidade no jogador. Também abre a oportunidade para pessoas ricas apostarem o quanto quiserem sem arriscar os efeitos nocivos das apostas esportivas. No entanto, isso não é verdade. Pessoas ricas também podem ter problemas com apostas esportivas. Aqui estão mais alguns sinais de vício ou problemas com apostas esportivas.

11 – Apostar e perder mais dinheiro do que você pode perder

Você está ciente de quanto suas apostas esportivas estão custando? Por exemplo, se você está apostando mais dinheiro do que normalmente gastaria com entretenimento, precisa ter mais cautela. Gastar demais em apostas esportivas, além de seus meios financeiros, indica claramente um problema com apostas esportivas.

12 – Pegar dinheiro emprestado para financiar suas apostas

Pegar dinheiro emprestado para apostas esportivas pode incluir pegar dinheiro para cobrir contas ou até mesmo para necessidades básicas, como comida, como resultado direto das perdas com apostas.

Se você fez um teste de vício em apostas esportivas (exceto o Teste da Felicidade), provavelmente foi perguntado(a) sobre pegar dinheiro emprestado para apostas esportivas. Esta pergunta é importante, porque responder “sim” pode indicar que as apostas esportivas prejudicaram a situação financeira do indivíduo.

13 – As perdas causam problemas para pagar o aluguel ou as contas

Mesmo que você não tenha recorrido a pegar dinheiro emprestado para alimentar suas apostas esportivas, já se viu com dificuldades para pagar o aluguel ou colocar comida na mesa após se envolver nessa atividade?

14 – Você recebe lembretes de pagamentos

Talvez você tenha pulado pagamentos para equilibrar suas finanças do mês. Embora isso possa parecer uma solução no momento, pode indicar comportamento compulsivo em apostas esportivas. Também é um dos sinais de alerta que destacamos para pessoas próximas a viciados em apostas esportivas. É vital ficar atento(a) a lembretes de pagamento pelo correio para identificar comportamentos problemáticos.

15 – Roubar dinheiro ou cometer um crime para obter dinheiro para apostar

O vício em jogos de azar pode levar os indivíduos a cometerem atos inimagináveis, incluindo recorrer a comportamentos criminosos para adquirir fundos para apostar em jogos. Alguns exemplos de tal comportamento incluem:

  • emitir cheques sem fundos;
  • “pegar” dinheiro sem intenção de devolver;
  • retirar dinheiro da conta bancária de outra pessoa;
  • roubar itens para vender;
  • participar de atividades fraudulentas.

Tentar usar o dinheiro de outra pessoa para sustentar o hábito de jogar é um claro sinal de alerta de vício em apostas esportivas. Esse comportamento viciante pode rapidamente escalar para jogo maníaco e patológico, resultando em ações criminosas, com implicações duradouras. Se você se envolveu em alguma dessas ações, procurar ajuda é essencial.

16 – Continuar apostando para recuperar dívidas

Quando perguntamos aos nossos membros por que eles se envolvem em apostas esportivas, a resposta mais comum é: para recuperar suas perdas. Eles querem ganhar de volta o que perderam ou resolver suas dificuldades financeiras com uma grande vitória.

A possibilidade de recuperar o dinheiro perdido nas apostas esportivas torna o vício em apostas desafiador. Diferente do alcoolismo, onde a solução é parar de beber, a pequena chance de resolver problemas financeiros através de uma vitória significativa muitas vezes é suficiente para incentivar os apostadores esportivos compulsivos a continuar.

Em nossa experiência trabalhando com muitos viciados em apostas esportivas, descobrimos que, para muitos, a motivação para apostar já não é mais principalmente sobre o dinheiro. A compulsão para apostar persiste independentemente de eles ganharem ou perderem. Portanto, contar com uma grande vitória para cobrir as perdas em apostas esportivas geralmente é irrealista. Se você se vê apostando para recuperar perdas ou pagar dívidas, é um sinal de comportamento problemático em apostas esportivas que requer atenção.

17 – Perseguindo antigas perdas em apostas esportivas

Tentar recuperar perdas é, talvez, o sinal mais prevalente de vício em apostas. O desejo de recuperar o que foi perdido apenas leva a problemas mais profundos.

Este padrão não é exclusivo das apostas esportivas. No mundo dos negócios, é referido como custos irrecuperáveis, que são fundos que uma empresa já investiu em um projeto. Quanto mais recursos investidos, mais provável é que a empresa continue investindo, mesmo se o projeto estiver fadado ao fracasso. É outra abordagem, igualmente ineficaz, de perseguir perdas.

Você já voltou à casa de apostas no dia seguinte para tentar recuperar suas perdas? Se sim, pode indicar um comportamento de aposta problemático que precisa ser abordado.

Sentimentos como Sinal de Problemas com Apostas Esportivas

A seguir, uma lista de pensamentos e sentimentos estreitamente relacionados a problemas com apostas. Se você experimentar algum desses em relação ao jogo, é um sinal de alerta de que nem tudo está como deveria estar. Veja com atenção se você se identifica com algum deles.

18 – Arrepender-se das suas apostas esportivas posteriormente

Sensações de remorso, autoaversão, exasperação e raiva após uma aposta esportiva podem ser um sinal de alerta. “Como eu pude ser tão tolo(a)? Por que eu…?” Isso pode ser mais pronunciado se você tentar parar de apostar e, depois, recair. Arrepender-se das suas apostas esportivas implica que você provavelmente apostou demais e perdeu o controle.

19 – Sentir-se inquieto(a) quando não está fazendo apostas

Viciados em apostas muitas vezes se sentem agitados quando não estão apostando. Eles anseiam pela emoção das apostas esportivas e podem ter dificuldade em lembrar do que gostam de fazer fora das apostas. O vício em apostas pode ofuscar todos os outros aspectos de suas vidas.

20 – Mudanças rápidas de humor

Apostar em esportes pode ter um impacto significativo no humor. Não é incomum que apostadores experimentem oscilações de humor como resultado de suas vitórias e perdas. As emoções sentidas durante as apostas muitas vezes se prolongam para a vida cotidiana, criando sentimentos de frustração, raiva ou ansiedade. A liberação constante de dopamina durante as apostas também pode levar a um desequilíbrio no cérebro, tornando mais difícil experimentar prazer em atividades não relacionadas a apostas.

21 – Problemas de sono são um sintoma comum de apostas compulsivas

 O estresse e a ansiedade causados pelo vício desencadeiam a liberação de cortisol, um hormônio que dificulta pegar no sono. O cérebro está sempre hiperativado, pensando em jogos de azar, como conseguir mais dinheiro e preocupado com o futuro.

22 – Lembrar-se de uma grande vitória e perseguir essa sensação

A primeira vitória pode deixar uma impressão duradoura na psique de uma pessoa, especialmente naquela com vício em apostas esportivas. Ela se torna obcecada em tentar recriar aquela sensação eufórica, levando a um ciclo de perseguição a perdas e risco de mais dinheiro.

O Que Acontece Quando Você Tenta Parar de Apostar em Esportes?

O sinal mais claro de vício em apostas esportivas é se você tenta parar e não consegue. Aqui estão alguns sintomas relacionados a tentar parar. Você se identifica com algum deles?

23 – Tentou parar de apostar, mas não conseguiu

Você já tentou abandonar as apostas? O que aconteceu? Às vezes, precisamos experimentar a falta de algo para valorizar o seu valor. Isso também é verdade quando se trata de deixar de apostar. Quando tentamos superar o vício em apostas, entendemos “seu propósito” em nossas vidas. Se você quis parar de apostar em esportes e não conseguiu, pode ser porque isso lhe proporcionou algo do qual você não tinha consciência. Não conseguir parar de apostar é um sinal comum de vício em apostas esportivas.

24 – Apresentando sintomas de abstinência

O que aconteceu quando você tentou parar de apostar? Você sentiu algum sinal ou sintoma de abstinência de jogo? De acordo com um estudo publicado em 2015, 30-40% dos apostadores de alta frequência mostraram distúrbios significativos em inquietação, humor depressão, má concentração e ansiedade, e sono ruim.

Sinais de Atitudes de Vício em Apostas Esportivas

Vamos observar suas crenças e atitudes sobre apostas. Confira os seguintes sinais de alerta de pensamentos que podem ser prejudiciais em relação aos seus hábitos de jogo.

25 – Acredita que aposta para ganhar / mudar sua vida

O encanto das apostas esportivas geralmente começa como uma fonte de entretenimento, com a emoção da vitória e os pensamentos sobre o que fazer com o dinheiro sendo estimulantes. No entanto, perseguir este sentimento enquanto continua apostando ao longo do tempo pode ser perigoso. A maioria dos tipos de apostas esportivas não enriquecerá os apostadores, apenas as casas de apostas.

Nosso artigo sobre a curva do vício[1]  alerta que aqueles que apostam em esportes esperando ganhar dinheiro estão em terreno instável. Acreditar que apostar pode transformar a vida de alguém é uma noção perigosa. Muitos de nossos membros compartilham deste sonho: a esperança de ganhar muito e mudar suas vidas. No final, eles reconheceram a necessidade de parar de apostar em esportes.

26 – Acredita que é diferente / não pode ter problemas com apostas esportivas

Não caia na armadilha de pensar que problemas com apostas esportivas não podem acontecer com você só porque se sente diferente dos outros. Embora todos sejamos indivíduos únicos, compartilhamos muitas semelhanças.

É importante reconhecer que qualquer um pode desenvolver um vício em apostas esportivas e devemos evitar nos comparar com os outros. Ser humilde e aberto(a) à possibilidade de que coisas ruins podem acontecer conosco é crucial.

27 – Acha que pode parar de apostar em esportes a qualquer momento

Mark Twain já disse: “É fácil parar de fumar. Eu já fiz isso cem vezes”. No entanto, pensar que largar o cigarro (ou qualquer vício, aliás) é tão fácil quanto apertar um botão pode ser um pensamento perigoso. Em vez de supor que será fácil parar, coloque essa crença à prova. Se você conseguir parar com pouco esforço, ótimo! Mas, se tiver dificuldades, não seja tão duro(a) consigo mesmo(a). Reconheça o desafio e procure ajuda, se necessário.

28 – Não acredita que apostas esportivas podem ser um problema

Apostadores esportivos muitas vezes acham difícil reconhecer e admitir que têm um problema. Eles podem enganar não só os outros, mas também a si mesmos sobre suas atividades de apostas. Está tudo bem se você não tiver certeza se suas apostas esportivas são problemáticas. Tire um tempo para explorar e entender sua relação com as apostas esportivas.

29 – Acredita que pode fazer apenas uma ou duas apostas

É perigoso pensar que podemos nos envolver em apostas esportivas “apenas um pouco” e não torná-las um problema. Se você tem essa crença, desafie-a e trabalhe para eliminá-la. É melhor abordar o problema mais cedo do que mais tarde. Costuma-se dizer que um alcoólatra não pode tomar apenas um drinque; o mesmo pode ser dito sobre um apostador esportivo. Acreditar no contrário mostra uma falta de entendimento e aceitação da real extensão do problema.

Sinais de Vício em Apostas Esportivas em Relação aos Outros

Mais cedo ou mais tarde, o vício afetará as pessoas ao redor do viciado. Aqui estão alguns sinais de que isso já está acontecendo.

30 – Mentir e esconder suas apostas esportivas

Você já escondeu seus hábitos de apostas esportivas de entes queridos ou sentiu vergonha do seu comportamento? Pessoas que lutam contra o vício muitas vezes escondem ou negam suas ações, especialmente aqueles com um problema de jogo. Às vezes, apostadores problemáticos podem se enganar para manter seus hábitos destrutivos.

Apesar do dano que causa, o vício pode ser tão avassalador que os indivíduos dirão ou farão qualquer coisa para mantê-lo. Isso pode incluir mentir sobre a quantidade de tempo e dinheiro gastos em apostas esportivas, bem como as razões para se envolver nesta atividade.

31 – Criatividade em inventar desculpas para apostar

Você já inventou uma desculpa para evitar fazer algo para colocar uma aposta esportiva ou se envolver em outras formas de apostas em vez disso? É comum para aqueles que lutam contra o vício em apostas esportivas priorizar seus jogos de azar em detrimento de outras responsabilidades e atividades.

Isso muitas vezes envolve inventar desculpas para justificar o comportamento, como faltar ao trabalho, cancelar planos com amigos ou família ou negligenciar deveres domésticos. Criar desculpas frequentemente para jogar em vez de cumprir suas obrigações pode ser um sinal de vício em apostas esportivas.

32 – Isolar-se de amigos e da família

Aqueles que apostam em esportes muitas vezes se afastam de outras pessoas e atividades de que costumavam gostar. Sob o domínio do vício, nada parece tão importante quanto a emoção de uma grande vitória. Mas esta visão estreita tem um grande custo: os entes queridos do jogador são deixados para juntar os cacos, perguntando-se por que foram excluídos.

33 – Dificuldade em ser pontual

Aqueles que apostam em esportes podem ter dificuldade em cumprir com o trabalho ou chegar a tempo quando suas apostas consomem muito tempo. Apostar em esportes tarde da noite também pode levar a uma diminuição da produtividade no trabalho.

34 – Ficar na defensiva se alguém falar sobre “seu problema”

Você é honesto(a) com os outros quando perguntam sobre seus hábitos de apostas, ou você sente a necessidade de ficar na defensiva? Recusar-se a reconhecer ou tornar-se hostil pode ser um sinal de que você está lutando contra um vício em apostas.

35 – Apostas esportivas têm um efeito negativo em seus relacionamentos

Quando as apostas esportivas de uma pessoa começam a prejudicar seus relacionamentos, isso pode indicar um problema. Mesmo que a pessoa mantenha suas atividades de apostas em segredo, seus entes queridos podem perceber que algo está errado, devido ao seu sigilo e distância. Relacionamentos exigem tempo, esforço e comunicação aberta, o que pode ser desafiador de manter quando alguém está consumido por apostas esportivas.

Características Típicas de um(a) Viciado(a) em Apostas

Abaixo, você encontrará uma lista de características de um(a) viciado(a) em apostas esportivas. Você se reconhece ou reconhece alguém próximo a você em alguma delas?

36 – Pensando na sua próxima aposta o tempo todo

Quando os pensamentos sobre apostas esportivas começam a dominar sua mente, mesmo quando você não está ativamente envolvido(a) em apostas, é hora de observar de perto seus hábitos. Se você se descobre constantemente planejando suas próximas apostas ou estrategizando sua abordagem, pode ser um sinal de que você está desenvolvendo uma relação não saudável com as apostas esportivas. Reconhecer este sinal de alerta cedo pode ajudar você a agir para evitar mais danos a si mesmo(a) e aos seus relacionamentos.

37 – Gastar mais tempo em apostas esportivas

É crucial estar ciente do tempo gasto em apostas esportivas. Você está apostando com mais frequência do que costumava? Está passando longos períodos apostando? Estas são perguntas importantes a se fazer, pois o tempo excessivo gasto em apostas esportivas pode ser um sinal de alerta para o desenvolvimento de um vício em apostas esportivas.

O jogo diário é um problema significativo na Suécia, com aproximadamente 5% da população se engajando nesta atividade. Segundo pesquisas, 3-4% da população sueca pode estar lidando com o vício em cassinos, e o jogo diário é um fator-chave nesse problema. Portanto, é importante reconhecer o risco associado ao tempo gasto no jogo e agir para tratar qualquer comportamento problemático.

38 – Apostando em tantos jogos/esportes que você não consegue acompanhar

Se você não se lembra das apostas que fez ou das sessões de jogo de que participou na semana passada, é um sinal de alerta de que seu jogo não é mais apenas por diversão. Tais lapsos de memória são, muitas vezes, sinais de um vício em jogos saindo do controle.

39 – Apostando em qualquer oportunidade disponível

Um estudo em Michigan descobriu que jogadores compulsivos tendem a se envolver em atividades de jogo em seis ou mais tipos diferentes de coisas, distinguindo-os de jogadores recreativos. Você está constantemente procurando oportunidades de jogo ou acha difícil resistir a apostar em tudo? Envolver-se em atividades de jogo em várias coisas é um sinal de transtorno do jogo e é um fator crítico a monitorar ao lidar com o jogo compulsivo.

40 – Continuar apostando mesmo que não seja mais divertido

Jogadores compulsivos muitas vezes não encontram mais prazer no jogo. Em vez disso, torna-se uma compulsão, e eles podem recorrer a ele como uma fuga. Embora alguns acreditem que jogam por diversão e emoção, uma reflexão mais profunda frequentemente revela uma sensação de entorpecimento. Para aqueles com vícios em caça-níqueis ou cassinos, o desejo de recuperar o que foi perdido pode se tornar dominante.

41 – Você prioriza as mesmas coisas de antes?

Atividades que costumavam ser prazerosas podem ter perdido seu encanto. Pense no que você gostava de fazer cinco anos atrás e como gastava seu tempo. Você passava tempo com amigos, praticava um esporte, passeava no parque, cozinhava refeições sofisticadas, interagia com seus filhos ou malhava na academia? Alguma destas atividades foi relegada em função das apostas?

42 – Assumir riscos extremos em apostas

Você assume riscos extremos nas apostas? Comportamento imprudente e de alto risco é como estar em “modo de inclinação” no pôquer. Isso significa que você está fazendo algo que sabe que está errado, mas não consegue evitar. Envolver-se em apostas esportivas descuidadas pode ser um sinal de alerta de que você está perdendo o controle sobre seu jogo e pode desenvolver um vício em apostas esportivas.

43 – Ter baixa autoconfiança

Indivíduos com baixa autoestima e autoconfiança têm um risco maior de desenvolver um vício em jogos de azar. A onda de dopamina que vem do jogo pode proporcionar um impulso temporário à sua autopercepção. Consequentemente, aqueles que lutam com a autoestima e a confiança podem ser mais suscetíveis a desenvolver comportamentos problemáticos de apostas esportivas. Você se sente confiante em si mesmo(a) e em suas habilidades?

44 – Tornar-se mais impulsivo(a)

Sua tomada de decisão tornou-se mais impulsiva, especialmente quando se trata de jogos de azar? A impulsividade é uma característica comum do vício em apostas esportivas e pode levar a consequências negativas, tanto na vida pessoal, quanto na financeira.

45 – Você pode responder: o que você gosta de fazer?

Quando alguém se torna consumido por apostas esportivas, pode ser difícil gostar de mais alguma coisa. Para determinar se esse é o caso para você, reserve um momento para se perguntar o que você gosta de fazer fora do jogo. Se você tem dificuldade em listar 5-10 coisas, pode ser um sinal de que o jogo tomou conta como uma prioridade em sua vida.

46 – Dia de pagamento: primeiro pensamento é como usar o dinheiro para apostar

O dia de pagamento pode ser particularmente arriscado para alguém que luta contra um vício em jogos de azar. Você planeja como apostar antes de seu salário chegar ou aguarda ansiosamente sua chegada apenas para usá-lo em apostas? Se você está obcecado(a) por pensamentos de jogo e aguarda ansiosamente seu salário para usá-lo em apostas, é essencial reconhecer esses padrões e buscar apoio.

47 – Ter contas em várias casas de apostas

Uma pesquisa recente na Suécia descobriu que aqueles que têm problemas de apostas tendem a ter várias contas em casas de apostas on-line. Embora a pesquisa não tenha explorado as razões por trás deste comportamento, é comum no setor de jogos de azar que os jogadores tenham várias contas para aproveitar bônus, odds e oportunidades de apostas esportivas.

Resumo

De acordo com os Critérios de Diagnóstico DSM-5: Transtorno de Jogo, existem nove critérios para o transtorno de jogo. Neste artigo, apresentamos 47 sinais de vício em apostas esportivas. Com quantos deles você pode se identificar?

A lista tem como objetivo apoiar os jogadores, se você tentar ajudar um(a) jogador(a). Use a lista para entender melhor seu comportamento ou o de outras pessoas. Lembre-se: acreditamos que o jogo está fazendo algo pela pessoa. É por isso que é tão difícil parar de jogar.

Se você precisar de ajuda, não hesite em se juntar à nossa comunidade. Temos mais de 5.000 membros determinados a superar o vício em apostas ou jogos de azar. Você não está sozinho(a)!

Boa sorte!


Founder of QuitGamble Anders Bergman
Anders Bergman
Anders Bergman MSc, MA
About:
As the responsible publisher, Anders advocates for easily understandable content through both texts and videos…more about Anders